Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Cherry

06
Ago19

Isto há com cada um #126

Tinha três miúdas na loja. Entre os 7 e os 10 anos, talvez. Todas elas com colares agarrados ao pescoço e pulseiras de braço e de pé com conchas. Aproximaram-se da bijutaria daqui da loja e uma delas - a mais velha - começa a contar:

 

- Gostam das minhas conchas?

- Sim - dizem em conjunto - onde compraste?

- Foi na feira da Murteira. O Sr disse que era 6€ o colar mas eu fiz um choradinho e ele fez-me mais barato.

- A sério? O que disseste? - pergunta a mais nova.

- Disse-lhe que tinha vindo do outro lado do país para comprar o colar a ele e só a ele porque ele tinha sido recomendado por uma amiga minha.

- E ele acreditou? - continuou a mais nova.

- Sim. Eu frisei várias vezes que eu tinha vindo do outro lado do país e ele fez-me o conjunto da pulseira e do colar por 6,50€.

- Uauuu...

- Bem, na verdade eu vim mesmo do outro lado do país, não vim foi para comprar isto a ele...

 

Volto a repetir que isto foi uma conversa feita por uma criança de 10 anos, no máximo.

Não sei se hei-de achar piada ao facto de ela acreditar que o Sr ficou convencido com aquela história e por isso é que lhe baixou o preço dos artigos ou se fico preocupada por tentar "manipular" assim as pessoas em tão tenra idade...

24
Out18

Parem o mundo que eu quero sair!

Há coisas que eu não compreendo mas aceito. Há coisas que eu acho que não fazem qualquer sentido mas tolero. Mas há coisas que me fazem tamanha confusão que a única frase que me ocorre é mesmo "Parem o mundo que eu quero sair!"

 

Ontem à noite andava a vaguear pelo facebook quando me pareceu por lá um vídeo em directo de uma cliente da loja. Como ela tem uma filhota dois meses mais nova que a Leonor, acabei por ficar a ver um bocadinho.

Às tantas, a meio do vídeo, a cliente começa a filmar os outros filhos também. Até que aparece o filho mais velho - que não estaria com eles, suponho - a falar com eles através de comentários. Trocam meia dúzia de comentários amorosos que derretem qualquer um - "Gosto muito de ti, mano.", "Tenho saudades tuas...", etc - e, por mais que se queira desligar, acabamos por ficar a ver mais um bocadinho  Era mesmo um directo bastante ternurento e até estava a gostar de ver. Não fosse o que aconteceu depois:

 

Mãe: Meu amor - para o filho que estava a ser filmado - mostra ao mano as tuas cuecas!

 

Pára tudo! Ela estava a dizer a uma criança de 2 anos para mostrar as cuecas que estava a usar ao irmão, num vídeo em directo para o facebook? Onde não era só o irmão que estava a ver?!

 

Mãe: Mostra ao mano, amor! Mostra ao mano que já usar cuequinhas!

 

A criança, coitada, não tendo o discernimento de um adulto, faz, muito alegremente, o que a mãe lhe pede. Afinal era a mãe que estava a pedir...e era para mostrar ao mano que estava longe. Que mal teria?


No entanto, não tendo também a agilidade de um adulto, a criança não tira apenas as calças para mostrar as cuecas. A criança tira também as cuequinhas e fica completamente despido de cintura para baixo. Em directo no facebook...!

 

Agora, pergunta para queijinho: O que a mãe desta criança faz?

a) desliga o directo?

b) vira a câmara noutra direcção?

c) continua a filmar a criança nua?

 

Se responderam C parabéns, acertaram!

 

 

A mãe desta criança mantém o directo no facebook com a câmara apontada para a criança enquanto diz "Não é para mostrar a pilinha, amor. É para mostrar só as cuequinhas ao mano. Esconde a pilinha!"

 

E ir lá compor o menino? Não, claro que não! Filmar aquela situação é muito mais engraçado!

 

 

Volto a repetir: esta criança tinha 2 anos! E estava a ser filmado pela própria mãe em directo para o facebook para que qualquer um tivesse acesso ao vídeo!

 

Se isto não faz querer sair deste mundo de loucos, não sei o que fará! 

16
Out18

O que eu gosto destas clientes...NOT #118

Entra a mãe e o filho na loja depois de saírem da pastelaria em frente. O rapaz - 6 anos - em plena hora de almoço vem ainda todo lambosado porque está a acabar de comer um bolo cheio de creme.

 

Mãe: Queria umas calças de ganga para o meu filho por favor.

Eu: Que idade está ele a vestir?

Mãe: Tem que ser, pelo menos, um 12.

Eu: Ora, tem este modelo e este que são cortes mais justos à perna. E tem este e este que são cortes mais direitos.

Filho: Oh mãe, gosto muito destas! - apontando para umas calças de corte mais justo.

Eu: Se quiser provar, tem ali o provador...

Mãe: Eu acho que isto não lhe vai servir mas vamos provar.

 

Entram os dois para o provador e dois ou três minutos depois a mãe já me está a dizer que não serve.

 

Eu: Quer provar o tamanho acima?

Mãe: Não vale a pena. Estas já lhe estão compridas, se for um tamanho maior fica ainda mais comprido. Estes números é que devem estar todos enganados.

Eu: Isso depende de marca para marca. E o corte também influencia...

Mãe: Pois, ele sempre teve cortes mais direitos por causa das pernas.

Eu: Lá está. Essas são de corte mais justo. Vai afunilando...

Mãe: Mesmo assim, eles devem ter-se enganado a marcar! Ele sempre vestiu 12!

Eu: Quer provar um corte mais direito?

Mãe: Não vale a pena, eu queria umas mais justas para ele agora. Desses direitos ele tem lá em casa.

 

 

Ora vejamos:

A criança tem 8 anos e, sem exagero, a continuar assim daqui a pouco deve estar a pesar quase tanto como eu. O fabricante é que se enganou a marcar os tamanhos?

A criança tem 8 anos e já veste um 12 sem ser por causa da altura (porque de altura não está desproporcional para a idade). O fabricante é que se enganou a marcar os tamanhos?

 

Se calhar sou eu é que sou exagerada mas talvez um bocadinho mais de cuidado na alimentação da criança e o fabricante já não seria o culpado de nada...

Mas isto sou eu a dizer.

 

 

É impressão minha ou os miúdos andam a comer cada vez pior hoje em dia? 

09
Out18

O que eu gosto destas clientes...NOT! #111

Na loja de criança temos tudo muito bem dividido. Uma parede é dedicada à roupa para rapaz, a outra parede é apenas para as meninas.

 

Posto isto:

 

- Esta camisola é muito gira!

- Essa é giríssima! Os meninos têm adorado também.

- Esta é de rapaz?

- Sim. Toda essa parede é de rapaz.

- Oh, eu precisava era para rapariga...

- Rapariga é deste lado. - indicando a parede das meninas.

- Mas eu gosto mesmo é desta camisola...

- Desse modelo só tenho para rapaz. Mas temos cortes parecidos para menina. - Disse eu, mostrando uma camisola de menina.

- Não, deixe estar eu queria é mesmo esta. Mas ela é menina...

 

 

Pareceu-me haver ali um desejo reprimido de ter um filho rapaz. 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sigam-me

Mais sobre mim

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Quando tudo começou
- 08/05/2017 -

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Segue a Tendência

no Facebook

no Instagram