Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Cherry

08
Abr18

Pérolas! #4

Fomos com a herdeira visitar familiares. Assim que pousei o ovinho, a familiar foi logo ter com ela:

 

- Olá bebé. Estás boa, estás? Eu venho para aqui falar contigo. Ninguém fala contigo, não é? Aposto que só se riem para ti e não falam contigo!

 

Eu ouvi e calei. A familiar passa tão pouco tempo com ela que nem tive para me chatear a corrigi-la. No fim das contas não ia servir de nada mesmo...

 

Passado um bocado a Leonor começou a chorar porque a chucha tinha caído.

Eu fui lá e coloquei-lhe novamente a chucha na boca.  No entanto ela mandou a chucha fora e voltou a chorar com mais força.

Assim que me levantei para ver o que se passava ouço o outro familiar:

 

- Vá, vai lá agora cuidar dela também, ou é só falar com ela?!

 

Ao que a familiar responde, sem hesitar:

 

- Ah, vá lá a mãe! Não tenho paciência!

 

Pois, falar com ela quando ela está bem disposta é mais giro...

02
Abr18

Sinceridade acima de tudo!

Numa conversa ao telefone com o meu pai, ele reclama que eu não devolvi uma chamada a uma familiar:

 

- Ela depois vem pedir satisfações é a mim! 

- É preciso descaramento! Antes ninguém me ligava nem queria saber se eu estava bem ou não, agora que a menina nasceu toda a gente sabe que eu existo! 

- Então pois, elas querem é saber se a menina está bem, não querem saber de ti!

 

 

Não sei se ria ou se chore com tamanha verdade...

 

08
Fev18

Isto há com cada um... #50

A menina tem data prevista de nascimento para o próximo dia 17. É certo que pode nascer antes ou depois mas esta é a data de referência.

 

Tendo isso em conta, a Dra mandou-me para casa descansar desde o dia 9 de Janeiro.

De vez em quando - já muito raramente - dou um pulinho à loja para ajudar mas noto que já me custa muito estar uma manhã ou uma tarde completa em pé a atender as clientes.

 

Para evitar esses esforços desnecessários o M assumiu o meu lugar e foi ele para a loja a tempo inteiro. Decisão essa que é do conhecimento de toda a família...

 

Então expliquem-me lá - se for possível - qual é a lógica de agora andarem a massacrar a cabeça do rapaz porque um membro de família - que desde sempre se desembaraçou sozinho - tem uma consulta em Lisboa?

Essa pessoa sempre foi facilmente para as suas consultas de autocarro e/ou táxi e nunca foi necessário o M ou qualquer outra pessoa faltar ao trabalho para a acompanhar. No entanto agora - sabe-se lá porquê - é ponto assente que ele tem que levar essa pessoa a consulta mesmo que isso implique ter que fechar a loja ou que me obrigue a ir trabalhar.

 

É só na minha cabeça é que isto não faz sentido?

 

Ainda me custa mais a entender esta situação quando a pressão para acompanhar a essa consulta vem das mesmas pessoas que acham que eu não deveria estar este tempo todo sozinha em casa porque posso entrar em trabalho de parto a qualquer momento...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sigam-me

Mais sobre mim

Calendário

Outubro 2020

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Quando tudo começou
- 08/05/2017 -

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Segue a Tendência

no Facebook

no Instagram