Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Cherry

29
Set20

Metam uma velinha em Fátima por mim!

Na quinta feira, depois de dormir quase uma noite toda destapada (é quase impossível aquela rapariga dormir uma noite inteira sem se destapar), a herdeira acorda com o nariz entupido. Flor de estufa!

Ao voltar da escola, para além do nariz entupido, vinha com tosse.

Começamos logo a atacar com as gotas que o pediatra lhe tinha receitado da ultima vez mas mesmo assim na sexta feira não estava melhor.

- A Leonor tem tosse e muita expectoração. Consequência das alterações do tempo... - disse eu ao deixa-la na creche.

- E febre?!

- Não, febre não teve até agora. Estive a controlar a noite toda e até agora nada.

- Ok. Mas já sabe que se tiver febre tem que vir busca-la imediatamente!

- Claro que sim, se acontecer alguma coisa avisem-me que eu venho logo.

 

Não passou de tosse e expectoração. Durante todo o fim de semana...

No domingo à noite a acrescer a isso, teve uma crise de cólicas. Uma crise como nunca a tinha visto ter. Que se prolongou noite a dentro e só acalmou quando chegamos ás urgências.

Às 5h da manhã, depois de uma noite em claro, estava eu completamente sozinha na sala de espera da pediatria do hospital com a Leonor, bastante mais calma, quase a adormecer no meu colo.

Quando finalmente fui chamada para a Leonor ser vista, chegamos à conclusão que fosse o que fosse que lhe tinha acontecido - ainda temos duvidas se foi só cólicas ou havia mais alguma coisa a incomoda-la - já tinha passado pelo caminho. Passou de tal forma que o carro ainda não estava a trabalhar para voltarmos para casa e ela já estava a dormir ferradissima.

 

Escusado será dizer que assim que nós chegamos à cama, caímos redondos também e não houve loja para ninguém nessa manhã. Obriguei-me a abrir os olhos apenas para ligar para a creche para avisar que ela não iria nesse dia.

 

 

Esta noite, pensei eu que poderia finalmente ter uma noite tranquila. E pude, até às 3:30h...

A essa hora acorda ela a chorar agarrada ao ouvido e todo um novo drama de dor começou. Até dar a medicação e tirar a febre foi a "ferros" com muita negociação à mistura.

E mesmo com a medicação ela não acalmou completamente. Ainda não tinha feito 4h de medicação e já estava ela a rebolar na cama com dores.

 

Assim que nos levantamos, liguei novamente para a escola a avisar que as cólicas tinham passado mas agora outra dor tinha aparecido:

 

- Oh querida, a Leonor hoje não vai novamente.

- Então, as cólicas voltaram?

- Não, hoje tem estado a chorar com dores de ouvidos.

- Oh mãe, não se preocupe. Isso são alterações do clima. Ora faz calor, ora faz frio e eles são os primeiros a sentir. Pode ficar descansada que não é Codiv!

WHAT?!

- Sim, Codiv sei que não é que isto não faz parte dos sintomas anunciados. Mas alguma coisa será e ela com dores não consegue ir para ai...

 

Opa, andamos todos doidos com isto do Covid que nos esquecemos que há mais doenças a circular em simultâneo?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sigam-me

Mais sobre mim

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930
Quando tudo começou
- 08/05/2017 -

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Segue a Tendência

no Facebook

no Instagram