Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Cherry

27
Jul18

Isto há com cada um... #56

Fui ao supermercado só com a herdeira. Por lei, teoricamente, eu teria prioridade caso o solicitasse, uma vez que levava comigo um bebé. No entanto como a Leonor estava bem disposta e até nem tinha muita gente nas filas, achei que não havia necessidade de o fazer e coloquei-me na fila como qualquer pessoa "normal".

 

Contudo, qual não foi a minha surpresa quando um Sr - uns 55 anos, talvez - aproxima-se de mim, quando eu seria a próxima a colocar as compras no tapete, a pedir para passar a minha frente. 

 

Não, o Sr não tinha nenhuma deficiência aparente, não tinha nenhuma limitação, não estava acompanhado por nenhum bebé ou criança de colo nem por nenhum idoso. O Sr quis passar a minha frente porque, segundo ele, como tinha apenas dois artigos para pagar seria uma conta rápida. 

 

Por coincidência, também eu tinha apenas dois artigos para pagar. O que quer dizer, pela lógica do Sr, que a minha conta seria igualmente rápida. No entanto ele não reparou nesse facto ou decidiu ignora-lo.

 

Hoje em dia andamos sempre a correr, queremos ser sempre os primeiros a ser atendidos, achamos que temos mais que fazer que todos os outros. Achamos sempre que somos prioritários mesmo quando não somos.

 

Uma vez que a Leonor estava bem disposta e eu, ao contrario do Sr, não tinha grande urgência de ir a lado nenhum, decidi deixa-lo passar a frente. Assim ele ficou feliz por ser atendido mais depressa e eu continuei feliz porque não veio mal nenhum ao mundo por esperar mais 2 minutos para ser atendida. No entanto fica sempre aquela sensação de "Que lata, quem deveria ter prioridade aqui sou eu! Porque é que não espera pela sua vez como todos os outros?!"

 

É só a mim que isto acontece? O que vocês fariam?

23
Jul18

Quem manda é ela #7

Sô Dª Leonor está cada vez mais palradora que dá gosto ficar a olhar para ela a ter grandes monólogos 

 

Assim que ela começou a fazer barulhos reforcei ainda mais as vezes que digo mamã, na esperança que esta fosse a primeira palavra que ela dissesse. Intencional ou não, não interessava  e heis que ela tem outros planos - como sempre - e o primeiro som que ela emite que parece uma palavra, qual é?

 

OLÁ!

 

Pois claro, que é de pequenina que começa a aprender a ser educadinha! 

19
Jul18

Pérolas #9

Eu gosto do pediatra da Leonor - a sério que sim! - mas o homem, às vezes, parece que ou está a gozar comigo ou pensa que eu estou a gozar com ele 

 

Ora vejam comigo:

 

Ontem fui à consulta de 5 meses. Ele tinha pedido para ir a uma consulta intercalar para vermos como a Leonor se estava a dar com a colher. Então ontem, no dia em que ela fez 5 meses, lá fomos nós. Entre outras coisas, vimos os comportamentos dela e, por isso, chegamos a esta conversa:

 

- Ela ri quando vê pessoas conhecidas, como o pai ou a mãe?

- Sim, manifesta-se logo!

- Óptimo! E que mais faz ela?

- Já vira de barriga para baixo sozinha.

- E de barriga para cima?

- Não. Fez meia dúzia de vezes mas desde que aprendeu a virar de barriga para baixo nunca mais fez o inverso.

- Não há problema. E o braço, consegue tirar bem?

- Agora sim. As primeiras vezes chorava porque não conseguia tirar mas depois aprendeu a fazê-lo e já tira bem.

- E vira de barriga para baixo completamente sozinha?

- Sim. Eu deito-a em qualquer lado e quando dou por ela já virou.

 

Ele agarra nela e coloca-a de barriga para baixo.

 

- Ela faz isto sozinha?

- Sim! - que mais formas de estar de barriga para baixo existem?! 

- Ok. E tira o braço sozinha...?

- Sim!

- Pois, realmente ela parece estar confortável nesta posição...

 

 

A herdeira faz tudo em casa - e até faz na sala de espera - mas depois chega à consulta e fica apenas séria a olhar para o Dr  por isso é que eu acho que o Dr ou está a gozar comigo ou acha que eu estou a gozar com ele  tenho que começar a mostrar ao Dr os vídeos que eu vou fazendo com a Leonor a fazer as coisas sozinha para ver se ele acredita em mim 

 

 

Raio da miúda a fazer-me passar "vergonhas" desde bebé! 

14
Jul18

TAG "Completando frases"

Confesso que adoro estes desafios mas, o tempo é tão curto que às vezes acabo por me esquecer de responder em "tempo útil"  Muito obrigada pela nomeação querida Gorduchita  e desculpa pela demora 

 

 

Sou muito rabugenta. Principalmente quando durmo pouco. Num mundo ideal qualquer pessoa deveria ter direito a 10h de descanso diário! (vale a pena sonhar, certo? )

 

Não suporto (vou copiar a resposta da Gorduchita, porque foi exactamente o mesmo que me ocorreu) injustiças, maus tratos a crianças, ... acrescento apenas maus tratos a animais também. Também não suporto maus tratos a animais! 

 

Eu nunca disse uma asneira em frente aos meus pais! Eu digo asneiras - que não? - eles sabem que eu digo asneira no entanto nunca ouviram nenhuma da minha boca 

 

Eu já tive uma filha, escrevi (metade) de um livro - que entretanto desapareceu com num PC avariado  - só me falta plantar uma árvore! 

 

Quando era criança queria ser educadora de infância. Agora que sou mãe dou graças a deus por não ter seguido esse sonho 

 

Neste exacto momento estou a responder este desafio para não cair para o lado de sono, uma vez que estou acordada desde as 5:30h por causa da herdeira 

 

Eu morro de medo de ver a minha filhota sofrer. Bem sei que é inevitável mas morro de medo do dia em que isso acontecerá 

 

Eu sempre gostei de escrever. Não é que tenha muito jeito mas sempre gostei de o fazer! 

 

Se eu pudesse viajava sem data de regresso. Acho que nunca mais ninguém me colocava a vista em cima 

 

Fico feliz com o sorriso rasgado que me presenteia todos os dias ao acordar e com o brilho dos olhos azuis mais lindos que já vi 

 

Se pudesse voltar no tempo não mudava nada! Todo o percurso que fiz até aqui deu-me a vida que tenho hoje por isso não mudava nada 

 

Adoro o cheiro de relva acabada de cortar. Faz-me regressar à minha infância 

 

Quero muito ir aos Açores novamente e poder mostrar toda aquela beleza à herdeira. Mostrar-lhe as origens do pai 

 

Eu preciso que me saia o euromilhões  quem não? 

 

Não gosto de tudo o que seja feito com sabor a cereja  adoro o fruto - é a minha fruta preferida - mas tudo o que sejam sumos, rebuçados, bolos de cereja... Nem o cheiro suporto 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pág. 1/2

Sigam-me

Mais sobre mim

Calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
Quando tudo começou
- 08/05/2017 -

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Segue a Tendência

no Facebook

no Instagram