Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Cherry

31
Ago17

Condutores que nem deviam ter carta!

Já aqui disse que o que mais me tranquiliza é também o que mais me stressa: conduzir.

 

E de manhã, então, está mais propenso a irritar-me do que a relaxar-me. Principalmente se me cruzar com condutores "mete nojo" como hoje de manhã.

 

Sabem aqueles condutores que estão a andar super devagar - tipo tartaruga - mas basta alguém se aproximar ou colocar o pisca para ultrapassar e eles desatam a acelerar com uma nuvem de fumo preto atrás deles? Hoje, a vir para o trabalho, apanhei dois desses.

Um deles ainda consegui ultrapassar sem grande dificuldade. No entanto deve ter ficado tão frustrado que colou-se a mim o resto do percurso.

O outro nem tentei porque bastou ele ter-me visto a ultrapassar o outro carro para este acelerar como se a rotação do mundo dependesse disso. Assim, fui à minha velocidade entre dois condutores "em fúria".

 

O problema maior deu-se foi quando o condutor da frente, que não ultrapassei, abrandou para ir à bomba de combustível. Ele fez o desvio tão devagar mas tão devagar - sem ter carro nenhum a impedir-lhe a passagem - que parecia que estava a fazer de propósito para eu lhe bater na traseira. E não o fiz por milagre!

 

Isto porque do lado oposto da bomba de gasolina estava um carro a sair de um stand automóvel. Então de um lado tinha metade do carro na faixa e outra metade na bomba de combustível e do outro lado tinha metade de um carro dentro do stand e outra metade na faixa. Acho que naqueles segundos até o meu carro se encolheu com medo de bater.

 

Felizmente não bati e segui a minha vida tranquilamente até ao trabalho. No entanto, do susto não me livrei 

30
Ago17

Aqui me confesso #13

19:30h

 

Todos com quem me cruzo no caminho para casa têm as luzes dos carros ligados. E eu?

 

Eu, para além de ter as luzes desligadas, vou de óculos de sol 

 

30
Ago17

Mau atendimento

Sempre ouvi dizer - e concordo - que nem toda a gente tem postura e capacidade de estar no atendimento. Nem todos os dias são fáceis, nem todas as clientes são simpáticas - como podem constar pelos meus relatos  - e nem todos os tipos de atendimento exigem o mesmo tipo de postura.

 

Hoje uma cliente - que eu acho ser bastante ponderada e sensata - comentou que uma loja de utilidades daqui do Cadaval estava com tudo a 50% de desconto porque iria fechar. Eu de imediato lamentei que isso fosse acontecer, uma vez que o comércio faz falta para qualquer um de nós, ao que ela respondeu que não estava nada admirada porque a Sra que estava no atendimento não tinha postura para estar à frente do balcão. E começou a contar um rol de situações que lhe tinham acontecido e que até a mim deixaram chocada.

 

Desde não desligar o telefone - ou sequer pedir desculpa por manter a chamada - quando a cliente entrou, até ir para a rua fumar sem dar uma resposta à cliente quando esta lhe pediu ajuda para encontrar algo.

 

Para mim, que já trabalho com o publico a alguns anos, isto são comportamentos inconcebíveis! Nunca em tempo algum, enquanto cliente ou enquanto lojista, iria compreender este tipo de atitudes. Por isso, muitas vezes, não concordo quando me dizem que a crise deu cabo de muitos negócios. Deu, bem sei! Mas também à muita gente à frente de balcões que contribuíram e muito para que isso acontecesse 

29
Ago17

Flor de estufa

Desde que me lembro, a minha mãe sempre disse que eu era uma flor de estufa. Bastava o tempo mudar um bocadinho, por mais leve que fosse a mudança, que era o suficiente para que eu ficasse constipada. Não havia mudança de estação que escapasse  Felizmente nunca foi muito mais além disso: tosse, dores de garganta, nariz entupido e lenços de papel espalhados por todo o lado que eu passasse. Montes e montes deles 

 

Claro que com o avançar da idade, infelizmente, nada mudou. Ainda hoje basta uma ligeira mudança de temperatura e lá vem uma constipaçãozita  o problema agora? É que não posso tomar nada além de ben-u-rons.

 

Ben-u-rons, minha gente! O único medicamento que nem uma simples dor de cabeça me passa 

 

Assim sendo, se virem algumas árvores serem abatidas nos próximos tempos, eu acuso-me já como culpada. De certeza que a culpa será minha porque acabei com o stock de lenços de todos os supermercados dos arredores 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sigam-me

Mais sobre mim

Calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031
Quando tudo começou
- 08/05/2017 -

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Segue a Tendência

no Facebook

no Instagram