Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Cherry

22
Jun17

Ela voltou...e eu sem tempo para ler...

Desde sempre que adoro ler. Tenho preferência por romances e especial interesse pelos que têm algo de mágico e fantasia (acho que é da criança que há dentro de mim que ainda acredita em príncipes encantados )

 

À uns tempos descobri a Sarah Addison Allen e apaixonei-me perdidamente pelos livros dela e pela escrita fluida que a caracteriza. Li os 3, que na altura estavam disponíveis, de uma vez e, cada vez que era lançado mais um, lá estava eu prontinha para comprar e alimentar a minha sede de leitura.

 

Entretanto a vida deu uma série de voltas e eu fiquei completamente sem tempo para ler sem ser nas poucas vezes que ia à praia (bem, acho que também não voltei a encontrar um livro que me prenda a atenção de tal forma que me faça arranjar tempo para o ler nem que seja às 3 da manhã). Tenho alguns livros, que me ofereceram, na estante mas nunca mais peguei neles.

 

Contudo, de vez em quando lá espreita a vontade de ler - de ter aquele tempinho só para mim e para o livro - e lá vou ver as novidades que surgem. Foi então que hoje descobri que a Sarah tinha lançado mais um livro! E, ainda por cima está em promoção na Wook.

 

Sem nome.png

 Pronto, está mais que visto que é desta que vou ter o tão ansiado tempo para ler  é que, ainda por cima, fiz anos à 2 dias e não comprei nada de mim para mim. 

22
Jun17

Ora, expliquem-me lá como se fosse uma criança de 5 anos

Como é que funciona isso das caixas prioritárias?

 

Isto porque ontem fui com o M ao supermercado e quando já estávamos na fila para pagamento aconteceu uma situação que nem a funcionária sabia gerir muito bem.

 

A funcionária da caixa estava a atender uns clientes. Havia um casal a seguir e, por fim, estávamos nós. Com isto surge um casal de idosos. A Sra empurrava um carrinho quase vazio e o Sr, que estava de canadianas, quase se arrastava atrás dela.

 

Sinceramente, ao vermos o carrinho da Sra, acho que todos pensamos mesmo que eles ainda estivessem a completar as compras e apenas abrimos caminho (nós chegamos um pouco para trás, e o casal à nossa frente chegou um pouco para a frente também) para os Srs passarem para o outro lado da fila e continuarem o seu caminho. No entanto, os Srs já tinham acabado as compras e queriam era usufruir do atendimento prioritário. Assim sendo, embora de uma forma demasiado arrogante, mas com todo o seu direito, a Sra começou a reclamar que o marido estava com dificuldades em andar e, por isso, tinham prioridade no atendimento.

 

Como é óbvio, nós chegamos ainda mais para trás com o nosso carrinho, para o outro casal poder dar prioridade aos Srs. No entanto, mesmo após terem a prioridade a Sra não parou de reclamar que isto, no tempo dela, era uma questão de educação e não de obrigação. Que era uma vergonha ter que haver leis para alguém dar prioridade aos mais velhos e sei lá mais o quê.

 

Quando a funcionária da caixa estava mesmo a acabar de atender os clientes, começou a preparar-se para atender os Srs da prioridade. Eis que senão quando a Sra se lembra que ainda lhe faltava uma coisa! Então, toca tudo a recuar novamente para eles poderem sair com o seu carrinho para irem buscar o que faltava. Aqui, por sua vez, já não soube pedir desculpa pela confusão ou transtorno...

 

Coitada da funcionária, nem percebeu muito bem o que aconteceu. Contudo, uma vez que os Srs tinham saído da fila,  lá começou a atender o casal que estava à nossa frente. À medida que o tapete ia ficando disponível, eu comecei a colocar os nossos artigos, como é normal. E o que acontece? Os Srs da prioridade tornaram a aparecer e a reclamar novamente que tinham prioridade!

 

E é aqui que eu fiquei bloqueada... Eles têm prioridade mesmo eu já tendo os meus artigos no tapete? Ou têm que aguardar?

 

De qualquer forma, para não os ouvir reclamar novamente da juventude e do tempo da Sra, parei de colocar os meus artigos e a dei-lhes prioridade. Até porque, aparentemente eles nem tinham muita coisa no carrinho e não valia a pena nos chatearmos por causa de 5 minutos de atraso. Aparentemente! Porque era vê-los a tirar sacos de supermercado de dentro uns dos outros com coisinhas e mais coisinhas e mais coisinhas.

 

Enfim. De qualquer forma, eles lá foram atendidos primeiro e eu continuei a colocar as nossas coisas no tapete para sermos atendidos a seguir.

 

Quando, finalmente, chegou a nossa vez, a funcionária pediu logo desculpa - mesmo sem termos dito alguma coisa. Disse que tinha que dar prioridade a eles porque o Sr tinha dificuldades mas que no entanto ela própria não sabia se, como nós já tínhamos as coisas no tapete e, como eles até já tinham saído uma vez da fila, qual era a ordem. Até porque aquela Sra já é conhecida do supermercado e, aparentemente, leva apenas o marido com ela mesmo só para ser atendida primeiro porque ela movimenta-se bastante bem.

 

Digam-me lá, os "entendidos" no assunto. Como funciona nesta situação?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sigam-me

Mais sobre mim

Calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930
Quando tudo começou
- 08/05/2017 -

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Segue a Tendência

no Facebook

no Instagram